Tempo de Quaresma

O QUE É A QUARESMA?

A Quaresma é um tempo de preparação para a Páscoa de Jesus. Tempo para acreditar, ou seja, para receber a Deus na nossa vida permitindo-lhe «fazer morada» em nós (cf. Jo 14, 23). O apóstolo S. Paulo chama-lhe o “tempo favorável”. Pela prática mais generosa da esmola, do jejum e da oração, preparamos o nosso coração para acolher o Senhor que deu a Sua vida por nós. É um tempo de penitência, tempo para pensares nos pecados que cometeste, para fazeres uma boa confissão e, assim, sentires a força e a alegria do perdão de Deus. Desta forma, estás preparado para comungar o Corpo de Cristo e entrar no grande mistério da nossa
fé em comunhão com toda a tua grande família – a Igreja!

O Papa Francisco ajuda-nos a compreender o que é este tempo, na sua mensagem para esta quaresma: “Ao percorrer o caminho quaresmal que nos conduz às celebrações pascais, recordamos Aquele que «Se rebaixou a Si mesmo, tornando-Se obediente até à morte e morte de cruz» (Flp 2, 8). Neste tempo de conversão, renovamos a nossa fé, obtemos a «água viva» da esperança e recebemos com o coração aberto o amor de Deus que nos transforma em irmãos e irmãs em Cristo. Na noite de Páscoa, renovaremos as promessas do nosso Batismo, para renascer como mulheres e homens novos por obra e graça do Espírito Santo. Entretanto o itinerário da Quaresma, como aliás todo o caminho cristão, já está inteiramente sob a luz da Ressurreição que anima os sentimentos, atitudes e opções de quem deseja seguir a Cristo. O jejum, a oração e a esmola – tal como são apresentados por Jesus na sua pregação (cf. Mt 6, 1-18) – são as condições para a nossa conversão e sua expressão. O caminho da pobreza e da privação (o jejum), a atenção e os gestos de amor pelo homem ferido (a esmola) e o diálogo filial com o Pai (a oração) permitem-nos encarnar uma fé sincera, uma esperança viva e uma caridade operosa.”

PENITÊNCIA? O QUE É ISSO?
A penitência significa que pões de lado algum bem ou atividade a que te habituaste, em favor dos irmãos mais necessitados. É um sinal de que te lembras deles. Significa que podes e deves, com muito mais razão nesta época, fazer o bem.

AH! TOU A VER – É NÃO COMER CARNE ÀS SEXTAS-FEIRAS, NÃO É?
Também, mas não só. Imagina até que nem gostas de carne ou então que te punham à frente um bacalhau com natas (até cresce água na boca), que adoras – a penitência vinha mesmo a calhar, não vinha?… No fundo, cada um de nós sabe bem aquilo que mais lhe custa deixar de fazer. E não é deixar por deixar, mas por amor de Deus e do Próximo. Senão não tem valor.

EU PENSAVA QUE A PENITÊNCIA ERA SÓ REZAR UMA OU DUAS AVÉ MARIAS A SEGUIR À
CONFISSÃO…
Pensavas mal. Na Quarta-Feira de Cinzas, quando o padre te impõe as cinzas, o que é que te diz? Não é arrepende-te e acredita no Evangelho? Pois a Quaresma é esse tempo de conversão em que sentimos pertinho, muito pertinho, o Reino de Deus!

MAS ISSO NÃO É SÓ PARA OS ADULTOS?
De maneira nenhuma! Nunca ouviste dizer que “de pequenino se torce o pepino”? É para todos! Claro que nem as crianças, adolescentes ou jovens vão fazer penitências dos adultos, nem os adultos vão fazer penitências de crianças, adolescentes ou jovens!

O QUE POSSO ENTÃO FAZER?
Deixo-te uma série de sugestões. Mas isto não te dispensa de pensares por ti mesmo(a)!

  1. Oração – se puderes rezar mais e melhor, ótimo! Se puderes rezar só melhor, bom!
    Que tal desafiar a família ou os amigos a “atreverem-se”? Não te esqueças de pedir
    também a Jesus que te ajude a fazer um bom exame de consciência, para melhor
    fazeres as pazes com Ele.
  2. Esmola – decerto recebes dos teus pais uma “semanada” ou uma “mesada”: por que
    não retirar algumas moedas para um pobre? Se te juntares com os amigos ou com a
    família, podes até apoiar uma instituição que ajude os mais necessitados!
  3. Jejum – Aqui a lista de hipóteses é maior, e é aqui que podes ser mais criativo(a):
    – Se és guloso(a), podes resistir uma vez por outra a um docinho, não podes?
    – Também podes tirar um bocadinho de tempo à TV e ao computador, que eles não se chateiam! Aproveita esse tempo: – para rezar.
    – Para ajudar os teus pais em casa, por tua iniciativa: se reparares bem, o teu quarto deve estar desarrumado; a Quaresma é o melhor tempo para “arrumar o quarto”!
    – Para fazeres uma caminhada contra a preguiça!

Ui! TANTA COISA?
Vais ver que quanto mais intensa for a tua quaresma, maior será a alegria ao celebrares a Páscoa.

Partilha esta notícia com os teus amigos!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.